O cerco ao GitHub: navegando na enxurrada de repositórios maliciosos

Uma nova onda de ameaças cibernéticas no desenvolvimento de software
O Cerco Ao Github: Navegando Na Enxurrada De Repositórios Maliciosos
The Github Siege Navigating The Flood Of Malicious Repositories

Esse incidente destaca um ataque cibernético sofisticado e de grande escala direcionado ao GitHub, uma das maiores plataformas de desenvolvimento de software. Os invasores automatizaram o processo de bifurcação de repositórios legítimos e os injetaram com malware. Esse malware, uma vez executado, pode roubar informações confidenciais, como senhas e detalhes de criptomoedas dos sistemas dos desenvolvedores.

A Ars Technica relata que, apesar dos esforços do GitHub para remover esses repositórios maliciosos, a escala do ataque e a automação envolvida tornam difícil erradicá-lo completamente.

O ataque explora a confiança da comunidade de desenvolvedores nos repositórios do GitHub, aproveitando um método conhecido como “confusão de repositório” O código, principalmente uma variante modificada da ferramenta de código aberto BlackCap-Grabber, reúne cookies de autenticação e detalhes de login de vários aplicativos e os transmite a um servidor sob o comando do invasor. Diferentemente da “confusão de dependências”, que manipula os gerenciadores de pacotes, a “confusão de repositórios” depende de erro humano – os desenvolvedores acidentalmente escolhem versões maliciosas de repositórios em vez das legítimas. Essa estratégia é particularmente eficaz porque se mistura ao vasto ecossistema do GitHub, dificultando a detecção.

Os desenvolvedores são aconselhados a ter mais cautela, verificando a autenticidade dos repositórios antes de usá-los. Esse incidente ressalta a natureza evolutiva das ameaças cibernéticas e a importância de manter práticas de segurança vigilantes em ambientes de desenvolvimento de software.

O Cerco Ao Github: Navegando Na Enxurrada De Repositórios Maliciosos
via Ars Technica, O GIF mostrando o fluxo da carga maliciosa dentro dos repositórios.

Scaling a startup or scouting for your next deal?
We help you get there faster.